Autores:

Ana Paula Figueiredo  ON 2010, 12; maio 2010; On-line publication: maio 2010

O presente estudo analisa o impacto dos tratamentos de cirurgia, cirurgia/quimioterapia e cirurgia/radioterapia em doentes com cancro colo-retal e respetivos cônjuges, ao nível da depressão, ansiedade e stress pós-traumático.

Os dados foram recolhidos no Instituto Português de Oncologia, sendo a amostra constituída por 114 doentes com o diagnóstico de cancro colo-retal e 67 cônjuges. Verificou-se neste estudo a existência de uma correlação positiva entre a depressão do doente e a depressão do cônjuge. Também ficou demonstrado que a presença de uma ostomia de eliminação traduz ganhos físicos para o indivíduo doente. No entanto, a nível psicológico provoca um aumento significativo dos níveis de depressão, ansiedade e stress pós-traumático

Palavras-chave: cancro colo-retal, depressão, ostomia de eliminação

Verifique o abstract completo aqui.

 

Obtenha este artigo

Para obter este artigo terá que ser membro AEOP. Se já é membro AEOP efetue aqui o seu login. Se ainda não é membro AEOP registe-se aqui.
Em alternativa, pode adquirir este artigo pelo preço de 5EUR utilizando para isso o nosso formulário de contacto.