Autores:

Maria Graça Pereira; Ana Paula Figueiredo       ON 2008, 6; novembro 2008; On-line publication: novembro 2008

O presente estudo teve como objetivo a adaptação das escalas Hospital Anxiety and Depression Scale (Zigmond & snaith, 1993) e Impact of Events Scale (weiss & Marmer, 1977) e simultaneamente avaliar os tratamentos de cirurgia, cirurgia/quimioterapia e cirurgia/radioterapia em doentes com cancro colo-rectal, ao nível da depressão, ansiedade e stress pós-traumático. A amostra é composta por 114 doentes com o diagnóstico de cancro colo-rectal. Os dados foram recolhidos no Instituto Português de Oncologia do Porto.

Em termos de características psicométricas, as versões portuguesas do HaDs e Ies, na nossa amostra, apresentam uma boa fidelidade: respetivamente .94 e .90. ao nível da validade, a versão adaptada do HaDs mantêm a estrutura original mas a ver-são adaptada do Ies tem menos um item que a versão original.

Os resultados obtidos apontam para um aumento dos níveis de depressão, ansiedade e stress pós-traumático nos doentes portadores de cancro colo-retal que efetuaram cirurgia/quimioterapia e cirurgia/radioterapia quando comparados com os que realizaram apenas cirurgia e nos que possuem uma ostomia de eliminação.

 

Palavras-chave: cancro colo-retal, HaDs, Ies, depressão, ansiedade, stress pós-traumático

Verifique o abstract completo aqui.

 

Obtenha este artigo

Para obter este artigo terá que ser membro AEOP. Se já é membro AEOP efetue aqui o seu login. Se ainda não é membro AEOP registe-se aqui.
Em alternativa, pode adquirir este artigo pelo preço de 5EUR utilizando para isso o nosso formulário de contacto.