Autores:

Ana Paula Figueiredo; Mónica Pinho; Carla Alves; Teresa Dias   ON 2007, 3;  dezembro 2007; On-line publication: dezembro 2007

O cancro colo-retal é a segunda maior causa de mortalidade por cancro nos países ocidentais. Ambos os sexos são igualmente afetados por esta patologia, verificando-se no entanto uma maior incidência em pessoas com mais de cinquenta anos.

Pretendemos, com este estudo, efetuar uma análise comparativa da qualidade de vida dos doentes que efetuaram quimioterapia em regime de ambulatório (sendo estes portadores de um infusor) relativamente aos doentes que efetuaram tratamento de quimioterapia em regime de internamento.
Os resultados deste estudo apontam para que, se o tratamento for efetuado em regime de ambulatório, provocará no doente menores danos físicos, psicológicos e sociais, permitindo reduzir ao mínimo qualquer alteração a nível dos seus hábitos de vida diários, promovendo assim a sua qualidade de vida.

 

Palavras-chave: cancro colo-retal, quimioterapia, qualidade de vida

 

Verifique o abstract completo aqui.

 

Obtenha este artigo

Para obter este artigo terá que ser membro AEOP. Se já é membro AEOP efetue aqui o seu login. Se ainda não é membro AEOP registe-se aqui.
Em alternativa, pode adquirir este artigo pelo preço de 5EUR utilizando para isso o nosso formulário de contacto.