Prevenção Do Cancro Do Colo Do Útero

  • Rui Cruz
  • Artigos
  • 13 Março, 2019
  • 0 Comment

Autores:

Carla Alves dos Santos;  ON 2010, 12; maio 2010; On-line publication: maio 2010

O cancro do colo do útero apresenta um importante impacto na vida das mulheres em todo o mundo, pois, embora o cancro seja mais frequente em pessoas idosas, o cancro do colo do útero afeta maioritariamente mulheres jovens, em idade ativa, entre 35 e 50 anos, muitas das quais com responsabilidades profissionais e familiares. são reportados, anualmente, na União europeia, cerca de 34.000 novos casos e 16.000 mortes por cancro do colo do útero(1).De todos os cancros, o cancro do colo do útero é o que apresenta um dos mais elevados potenciais de prevenção e cura, aquele que pode ser controlado com maior efetividade na prevenção do cancro do colo do útero podem ser utilizadas estratégias de prevenção primária, através da vacinação, que tem como objetivo impedir a transmissão do agente (HPV-16 e -18), indispensável ao desenvolvimento da doença, e estratégias de prevenção secundária, através de um teste de rastreio (citologia ou teste de HPV), com o intuito de detetar as lesões pré-invasivas e impedir o aparecimento de cancro.

Palavras-chave: cancro do colo do útero, prevenção do cancro do colo do útero, rastreio e vacinação

Verifique o abstract completo aqui.

 

Obtenha este artigo

Para obter este artigo terá que ser membro AEOP. Se já é membro AEOP efetue aqui o seu login. Se ainda não é membro AEOP registe-se aqui.
Em alternativa, pode adquirir este artigo pelo preço de 5EUR utilizando para isso o nosso formulário de contacto.