Autores:

Valério E; Rocha A; Silva I; Meneses C; Freitas J                           ON 2017, 22 ; março 2013; On-line publication: março 2013

Resumo: O síndrome de mão-pé (HFSR) é um potencial debilitante do efeito secundário associado às doentes submetidas a tratamento de quimioterapia com 5 FU, doxorrubicina lipossómica e capecitabina. Este evento adverso pode ter implicações na efetividade do tratamento e na quali-dade de vida (QoL) da doente.

Pretendemos avaliar a incidência e severidade do HFSR em doentes com cancro da mama em tratamento com capecitabina (quimioterapia oral) assim como avaliar o impacto na QoL das pacientes que experimentaram HFSR e o impacto da QoL na família/cuidador. É um estudo prospetivo não-interventivo realizado num período de 3 meses, a 40 mulheres que começaram tratamento paliativo de quimioterapia com capecitabina como tratamento para o cancro da mama. As doentes fizeram ciclos de tratamento de 14 dias consecutivos com capecitabina, com uma semana de intervalo entre eles, e foram avaliados os efeitos do HFSR nas doentes e família.

Utilizámos respetivamente o índice dermatológico de qualidade de vida (DLQI) e o questionário do índice de qualidade de vida familiar (FDLQI). Em relação à incidência e severidade do HFSR, o estudo refere uma diminuição estatisticamente significativa na percentagem de pacientes com grau 1 de toxicidade e um aumento dos graus de toxicidade 2 e 3, tanto para a erupção/descamação das mãos como dos pés. Cerca de 4% dos doentes tinham alterações nas unhas e tinham um grau de toxicidade de 4 à 6.ª semana de tratamento. A análise do impacto do HFSR na QoL mostrou um aumento significativo dos resultados do DLQI, enquanto os do FDLQI permaneceram constantes. Minimizar o impacto do HFSR na QoL da doente é crucial para a administração de ótimas doses terapêuticas e para a obtenção do maior benefício clínico dos tratamentos com capecitabina.

Palavras-chave: síndrome de mão-pé (HFSR); capecitabina; qualidade de vida; toxicidade dermatológica; cancro mama; DLQI; FDLQ

 

Verifique o abstract completo aqui.

 

Obtenha este artigo

Para obter este artigo terá que ser membro AEOP. Se já é membro AEOP efetue aqui o seu login. Se ainda não é membro AEOP registe-se aqui.
Em alternativa, pode adquirir este artigo pelo preço de 5EUR utilizando para isso o nosso formulário de contacto.