Autores:

Daniela Fernandes     ON 2017, 25 ; março 2014; On-line publication: março 2014

Resumo: O estoma causa impacto em várias esferas da vida da pessoa, inclusive na dimensão da sexualidade, bem como na vivência do seu parceiro sexual. O tema sexualidade abrange inúmeros aspetos, marcados pela subjetividade humana e que envolvem perceções e significados. Uma pessoa ostomizada enfrenta alterações físicas, psicológicas e sociais que têm implicações em termos do seu autocuidado, nomeadamente na alimentação, no processo de eliminação, nos cuidados de higiene, na vida familiar, social e profissional.

A consciencialização em relação à doença e as estratégias de adaptação utilizadas parecem estar relacionadas com a capacidade da pessoa integrar o estoma no seu autoconceito e autoimagem.

Recorrendo à PEO (Perceived Effect of an Ostomy) (Ilsa, L., Peter, J., 1995), pretendeu-se descrever os principais aspetos da sexualidade no doente ostomizado. Quer o interesse sexual, quer até comportamentos de ordem meramente afetiva, incluem-se entre aqueles que geram um maior grau de preocupação nestes sujeitos. Complementarmente foram também avaliadas as atividades quotidianas, autoestima e os cuidados com a ostomia, verificando-se que as competências de relacionamento social, o interesse pela vida e a perceção de solidão revelam-se como responsáveis por um grau elevado de preocupação.

Relativamente à influência do género e da condição laboral, observou-se que as mulheres ostomizadas revelam uma menor preocupação com as várias dimensões da sua sexualidade, tendo-se igualmente concluído que os sujeitos que ainda se encontram profissionalmente ativos demonstram uma menor preocupação quer com a sexualidade, quer com as atividades quotidianas, autoestima e cuidados com a ostomia. Foram encontradas correlações estatisticamente significativas entre todas a dimensões da PEO (Perceived Effect of an Ostomy) (sexualidade, atividades quotidianas, autoestima e cuidados com a ostomia).

Palavras-chave: sexualidade, estoma, ostomizados

 

Verifique o abstract completo aqui.

 

Obtenha este artigo

Para obter este artigo terá que ser membro AEOP. Se já é membro AEOP efetue aqui o seu login. Se ainda não é membro AEOP registe-se aqui.
Em alternativa, pode adquirir este artigo pelo preço de 5EUR utilizando para isso o nosso formulário de contacto.