Autores:

Luciana Esteves; Rita Nunes ON 2017, 29 ; julho 2015; On-line publication: julho 2015

Resumo: O carcinoma do trígono retromolar tem uma baixa incidência na população, contudo quando surge acarreta diversas alterações visuais e funcionais. Estas alterações podem ser minimizadas com o tratamento adequado e respetivo acompanhamento nas fases do pré, intra e pós-operatório imediato, mediato e tardio. Os cuidados de enfermagem ao utente submetido a cirurgia do trígono retromolar são fundamentados pela teoria, pelos estudos efetuados e pela experiência profissional neste âmbito.

 

Palavras-chave: Trígono retromolar, cirurgia cabeça e pescoço, pelviglossomandibulectomia, osteorradionecrose.

 

Verifique o abstract completo aqui.

 

Obtenha este artigo

Para obter este artigo terá que ser membro AEOP. Se já é membro AEOP efetue aqui o seu login. Se ainda não é membro AEOP registe-se aqui.
Em alternativa, pode adquirir este artigo pelo preço de 5EUR utilizando para isso o nosso formulário de contacto.