Autores:

Sílvia Magda Santos Pereira dos Reis;  Isabel Maria Henriques Simões  ON 2017, 33 ; novembro 2016; On-line publication: novembro 2016

Resumo: a hidratação dos lábios a par da higiene oral reveste-se de extrema importância no cuidado aos doentes em oncologia, por forma a prevenir possíveis alterações da sua integridade.

Foram objetivos deste estudo: conhecer os hábitos de hidratação dos lábios da pessoa com doença hemato-oncológica a realizar quimioterapia. Trata-se de um estudo com uma abordagem quantitativa de natureza exploratória e transversal. A amostra foi constituída por 54 participantes com doença hemato-oncológica a realizar quimioterapia, internados num serviço de um hospital central, entre os meses de julho de 2013 e fevereiro de 2014.

Os resultados deste estudo mostram que mais de metade dos participantes referiu que hidratavam os lábios, utilizando maioritariamente batom hidratante. No entanto, outros produtos são referidos, tais como cremes, batom hidratante e vaselina, ou apenas vaselina. Os enfermeiros devem assumir responsabilidades na capacitação da pessoa para o seu autocuidado, que lhe permitam adotar medidas preventivas ou de minimização da mucosite oral, nomeadamente através de ensinos e treino de habilidades.

Palavras-chave: Hidratação labial, mucosite oral, hemato-oncologia

 

Verifique o abstract completo aqui.

 

Obtenha este artigo

Para obter este artigo terá que ser membro AEOP. Se já é membro AEOP efetue aqui o seu login. Se ainda não é membro AEOP registe-se aqui.
Em alternativa, pode adquirir este artigo pelo preço de 5EUR utilizando para isso o nosso formulário de contacto.